Página 3

 

 

A vontade e o desejo
Insantidade
Religião
Convicções
A estrada da vida
Racismo
Degeneração
Hipocrisia
Não me fodam
Dúvidas

 

 

 

A vontade e o desejo

 

Sempre que te vejo,

Sinto uma vontade de amar...

Sinto também um desejo

De não partir e ficar...

 

 

O sentimento de esperança,

A vontade e o desejo...

A sede de vingança,

Presente no teu beijo...

 

 

Não posso nem pensar

Em viver sem ti...

Mas o que se passa,

O que se passa aqui?

 

 

 

 

Voltar ao início

 

 

 

 

Insantidade

 

 

Qual será o destino

Que Deus tem para mim?

Pergunta um católico,

Perto do fim...

 

 

"Toda a minha vida fui bom,

Sempre tive respeito.

Vivi sem pecado,

Fui quase perfeito.

 

 

A morte aproxima-se,

Já vejo o seu véu...

Reclamo agora,

O meu lugar no céu."

 

 

 

 

Voltar ao início

 

 

 

Religião

 

O Homem é fraco,

Precisa de acreditar.

Justifica com a religião

O que não consegue explicar.

 

 

Não há religiões falsas.

Algumas são interesseiras...

Mas desde que se acredite,

Todas são verdadeiras.

 

São chamados de loucos

E considerados ateus...

São neste mundo poucos

Os que não acreditam em Deus.

 

 

 

 

 

Voltar ao início

 

 

Convicções

 

Nos dias que correm,

Tens que ser forte...

Lutar contra o sistema,

E desafiar a tua sorte...

 

 

Não desistas logo...

Continua a tentar.

Quando tiveres uma oportunidade,

Não a deixes escapar

 

 

Mantem as tuas convicções,

E a tua maneira de pensar.

Luta por o que acreditas,

Não te deixes influenciar

 

Voltar ao início

 

 

A estrada da vida

 

À minha frente não há nada...

Acho que estou perdido...

Caminho só nesta estrada,

Nesta estrada dum sentido

 

Toda a minha vida andei,

Nunca estive parado.

O que sempre procurei

Jamais foi achado

 

 

Nem sequer imagino

Onde esta estrada vai dar...

Mas não posso desistir,

Tenho que continuar...

 

Voltar ao início

 

 

 

racismo

 

O mal desta sociedade

Resume-se no egoísmo.

É a fraca mentalidade

Expressa no racismo

 

A cor da pele

É encarada como um defeito.

Estabelecida a diferença

Desenvolve-se o preconceito

 

Temos todos a mesma maneira de pensar

Temos todos os mesmos ideais

Brancos, negros, amarelos...

No fundo, somos todos iguais.

 

Voltar ao início

 

degeneração

 

Encontra-se deslumbrada

Com os prazeres desta vida

Já não se pode fazer nada

Por esta juventude perdida

 

Já não lutam por causas

Já não têm ideais

Agora apenas têm

Preocupações superficiais

 

Será que há excepções?

Muitas dúvidas eu tenho...

A muitos falta a vontade,

A outros o empenho...

 

Voltar ao início

 

Hipocrisia

 

Vivemos hoje num país

Onde reina a estupidez....

Já perdi o meu orgulho

Em ser português...

 

 

Por um lado, falam em justiça

Por outro concedem amnistia

Já não consigo suportar

Tamanha hipocrisia

 

 

Dão demasiada importância

Aos nossos feitos do passado

Não conseguem encarar

O nosso caótico estado.

 

 

 

 

 

 

Voltar ao início

 

 

Não me fodam

 

 

Não é nenhum defeito

Não me fodam o juízo

Acho que tenho o direito

De estar indeciso

 

 

Se algum dia cair

Sozinho me vou erguer

Quer ser eu a decidir

O que tenho que fazer

 

 

Não me vou iludir...

Muitas vezes vou errar

Mas sei que lá no fundo,

Algumas vou acertar...

 

 

 

 

 

Voltar ao início

 

 

Dúvidas

 

 

Lutando por uma causa,

Que em princípio está perdida...

Será que vale a pena

Arriscar assim a vida?

 

 

Não haverá outras religiões

Em que eu possa acreditar?

Não haverá outras opiniões

De que eu possa duvidar?

 

 

Nunca podemos ser nós

A decidir o que fazer...

Há sempre uma voz

Que contraria o nosso querer...

 

 

 

 

Voltar ao início